Liturgia do Dia – 17/03/2016 (comentada)

João 8, 51-59“Deus dias a Abraão: ‘Farei de ti o pai de uma multidão de nações.” E nós osmos hoje esse novo povo de Deus, formado por Jesus, um povo de discípulos-missionários.”

Primeira leitura:  Gêneses 17,3-9

Salmo Responsorial: 94

Evangelho:  João 8, 51-59

-*-

Temos dois aspectos importantes nas leituras de hoje.  A primeira é a promessa da aliança eterna, realizada através de Abraão, com a garantia da propriedade da terra prometida, e a segunda é a orientação para que seja guardada, por ele e todos os seus descentes, esta aliança para sempre.

No Evangelho a aliança eterna  é retratada pela garantia de jamais verão a morte, os que guardarem a Palavra, que é o próprio Cristo.

Assim, podemos concluir que é na Palavra que se centraliza a esperança para alcançar a terra prometida.  Sem ela não há forças para enfrentar os obstáculos desta terra peregrina, tampouco motivação para perseverar.

Hoje, a palavra de ordem é a esperança naquele que sempre existiu junto ao Pai e ao Espírito; a promessa de ressurreição é única capaz de nos ensinar, transformar e guiar para que possamos juntos saborear os frutos da vida eterna.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s