Liturgia do Dia -05/04/2016 (comentada)

João 3, 7b-15“Ser Igreja significa viver em comunhão; partilhar a vida e o pão, os bens e a história.  Assim fizeram as primeiras Comunidades cristãs.  Portanto, nascer de novo é acolher o projeto do Reino e não o nosso.”

Primeira leitura:  Atos dos Apóstolos 4, 32-37

Salmo Responsorial:  92

Evangelho:  João 3, 7b-15

-*-

Nicodemos é um exemplo de pessoa que ao mesmo tempo deseja se aproximar da Palavra, mas teme não suportar as renúncias que entendia necessárias. Ainda não compreendia que a adesão ao projeto de Deus, permitia aos discípulos e apóstolos compreender a existência humana num grau muito mais elevado do conhecimento.

A realidade da Ressurreição de Jesus, testemunhada por tantos fiéis, não comportava mais individualismos, e mesmo que à época as pessoas vivessem uma estrutura familiar diferente da atual, a convivência foi enriquecida pela presença do Espírito Santo, logo, o apelo dos bens materiais inexistia, levando à partilha fraterna de todos os bens, que eram divididos conforme a necessidade de cada um.

Este é o sentido do “nascer do alto”, citado no Evangelho, mesmo que não pudessem compreender racionalmente os acontecimentos, a verdade se manifestava pelo testemunho ocular de que um novo tempo se fez presente, com a Ressurreição daquele que venceu a morte, para a salvação de todos, conforme previa as profecias.

Reina o Senhor, revestiu-se de esplendor!

Michelle Neves – Ministra do Acolhimento

Bacharel em Teologia pelo ISCR-ArqRio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s